Butantã Food Park – São Paulo

Em São Paulo comida de rua agora virou coisa séria, principalmente depois do sucesso de eventos gastronômicos como “O Mercado” e o “Chefs na rua”. Esta onda começou a mais de um ano e a superlotação nestes eventos que pretendiam popularizar a alta gastronomia mostrou a grande oportunidade que surgia. Inclusive já falamos sobre uma das edições do “O mercado” aqui no blog (post aqui).

 Após a aprovação da lei 15.947 – Comida de rua, de autoria da Vereadora Andréa Matarazzo em maio deste ano vimos estes eventos se espalhando por toda a cidade em uma verdadeira revolução dos Food Trucks.


No mesmo mês de aprovação da lei, foi inaugurado um espaço gastronômico à céu aberto com trailers, barracas e food trucks vendendo todos os tipos de comida, como uma verdadeira praça de alimentação ao ar livre, o Butantã Food Park.

Diferente dos eventos que são sazonais, o espaço tem funcionamento diário e concentra um grande número de opções para todos os gostos. Fomos conhecer o Food Park em um Domingo e como em todos os eventos anteriores que fomos estava lotado.

Não se engane se acha que vai comer comida excelente por preços baixos pois apesar de terem preços que variam de 8 à 25 reais, a grande maioria dos pratos servidos são em porções pequenas, sendo necessário que se coma mais de uma porção para se satisfazer por completo. Além disso as filas neste dia estavam tão grandes que a espera para comer em cada barraca chegava a mais de 1 hora.

Queríamos dar uma volta para conhecer as opções do parque e escolher melhor o que comer. Logo na entrada encontramos um food truck muito interessante feito em um triciclo que oferecia Waffles recheados.

Achei o prato oferecido bem suculento mas tínhamos acabado de chegar e resolvemos dar uma volta antes de escolher o que comer.

Era impressionante o número de ofertas que tínhamos, que iam desde salgadinhos gourmet até pratos completos como moquecas e baião de 2.

Algumas barracas ofereciam bebidas como chopp artesanal, drinks e vinho, o que não é permitido nas ruas.

Neste dia tivemos alguns problemas como ficar 30 minutos em uma fila e quando chegava nossa vez a comida tinha terminado. Eram apenas 14:30hs e no Domingo o Food Park funciona até às 19hs. Neste ponto acho que faltou cobrança dos organizadores do evento para que o consumidor não venha até aqui e não consiga comer o que quer.

A Laura comeu um acarajé delicioso, bem fresco e recheado. Enquanto isso eu ficava em outra fila para conseguir comer alguma coisa.

Tive a infelicidade de encarar 2 filas e não ter comida na minha fez, já estava com bastante fome e acabei pedindo um arroz de carreteiro que achei sensacional.

Comemos e continuamos nosso passeio até chegarmos na barraca de arancini, que são bolinhos de risoto recheados e fritos. O pessoal da barraca era um dos mais animados da feira.

Por toda a animação pedimos dois arancinis para provar,  um de funghi recheado com queijo e um de salmão para a Laura.

A Laura achou que o dela ficou um pouco seco, enquanto eu nem respondia enquanto comia meu arancini de funghi com recheio de queijo, sensacional!!!

O lugar está muito bem estruturado, inclusive com nutricionistas que fazem um acompanhamento para garantir todas as boas práticas em alimentos.
Espero que com o aumento da oferta de lugares deste tipo, o público se disperse um pouco e diminua tanta superlotação, o que fez nosso dia perder um pouco o brilho com as esperas muito grandes, o empurra empurra e a falta de comida em algumas barracas.
Mesmo assim valorizamos muito estes eventos sendo um excelente programa para um dia de folga ou mesmo para um almoço rápido durante a semana.

Butantã Food Park
Rua Agostinho Cantú, 47 – Butantã – São Paulo
https://www.facebook.com/ButantanFoodPark

andreleiras

Cozinheiro, blogueiro e viajante!!! Amo viajar, gastronomia e tudo que a vida tem de bom!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *