Descobrindo o Baixo Augusta – Tubaína Bar – São Paulo

O Baixo Augusta é a região da rua Augusta que vem desde a Av. Paulista, sentido centro, até a Praça Roosevelt, passando por todas as ruas adjacentes. Com certeza é a região mais eclética do Brasil. Lugar onde todas as tribos quase sempre convivem em harmonia, encontram-se opções de lazer e entretenimento para literalmente todos os gostos.
No meio deste caldeirão, o Tubaína bar é um exemplo perfeito da miscigenação cultural que se tornou essa região.

O Bar parece pequeno, mas possui dois andares e uma decoração bem retrô, com sofas, mesas e cadeiras antigas, lembrando copas de décadas atrás.

Mas tudo muito aconchegante, com luz baixa na medida certa e um som agradável que não incomoda.

O conceito do lugar é o máximo. Claro que as tubaínas são as estrelas da casa, estas bebidas para eles são verdeiras jóias culturais. Elas são oferecidas puras ou em drinks pra lá de originais. Aliás, o bar e cozinha daqui surpreendem.
Muitas opções de cervejas artesanais com chopps Bamberg Pilsen e Schwarzbier, opções de Baden Baden e Colorado, além das premiums tradicionais.

Sentamos em 5 pessoas, sendo 4 delas blogueiros de gastronomia. Nossa mesa parecia final de curso de fotografia. Durante essa noite muito divertida, fotos enviadas no twitter da casa a cada nova surpresa.
Vários drinks foram tomados naquela noite, nosso amigo Gabú começou pedindo um “Eu tenho a força” drink feito de tubaína, vodka, xarope de melancia e red bull, muito bom!!!

O Rafael, verdadeiro adorador das caipririnhas pediu várias, passando pela de maracujá, muito boa,

pela de lima da pérsia que ele não gostou mas eu adoro,

pela de jabuticaba e a mais saborosa que não bati foto, de abacaxi com hortelã.

Já o casal Elder e Janaína, do blog Boteco e Cerveja pediram para experimentarmos o drink “Mamãe é de morte” uma inusitante mistura de Vodka, abacaxi, morango, grenadine e Biotônico Fontoura… apesar da combinação estranha o drink é muito gostoso. Todos os drinks custam em média 15 reais e vale a pena provar algum.

O Tubaína é uma verdadeira viagem a infância dos trintões e quarentões de hoje. Mandiopan, balas xaxá e 7 belo, tudo nos traz uma nostalgia maravilhosa.

Claro que eu não podia deixar de recordar dos sabores de minha infância, então como para o bar fica difícil trazer de Santa Catarina os clássicos Guaraná Pureza e a Laranjinha Água da Serra, pedi uma Grapette que tomei em todas as minhas férias na infância nas praias do Rio de Janeiro. Quem bebe grapette, repete!!!!

A cozinha do bar é muito boa, diferente e com um toque peruano, provavelmente por influência da super simpática Verônica Goyzueta, proprietária multi funcional, que atende os clientes, faz o caixa e ainda participa ativamente das mídias sociais.
Provamos um delicioso sanduiche de pernil com molho inglês, servido em um pão francês e acompanhado de batatas fritas, ótima pedida.

Em seguida comemos uma bela porção de calabreza, mas que surpreende por ser servida como um ceviche, em meio ácido, com cebola roxa, pimenta, coentro e limão, espetacular.

E provamos outro petisco diferente, a coxinha de feijão. Servida dentro de uma antiga caixa de sal que nossas avós tinham embaixo da pia, a porção vem com diversas mini coxinhas com a massa feita de feijão, recheadas com bacon e calabreza e empanadas com farinha panko. Muito gostosas, apesar de achar que poderiam ser um pouco maiores, mesmo que venham em menor quantidade.

Aliás, registramos um momento especial. O expert em coxinhas, Gabú do blog Soy Loco por ti, Coxinha! realizando uma avaliação oficial… Sei que os coxinheiros de plantão vão dizer que essa iguaria não é coxinha, mas eu vi e o Gabú gostou!!!!

Realmente tivemos uma noite especial, com pessoas especiais em um lugar especial !!! Isso sim é qualidade de vida!!!

Tubaína Bar
http://www.tubainabar.com.br/
Rua Haddock Lobo,  74 – Consolação – São Paulo

andreleiras

Cozinheiro, blogueiro e viajante!!! Amo viajar, gastronomia e tudo que a vida tem de bom!!!

5 comentários em “Descobrindo o Baixo Augusta – Tubaína Bar – São Paulo

  • 9 de outubro de 2011 em 23:27
    Permalink

    O pessoal me chamou nesse dia mas pena que já tinha compromisso marcado. A Denise até ficou tentada a ir já que faz tempo que ela quer conhecer o bar…

    Depois dessa fiquei com mais vontade de ir…achei muito bacana comer e beber bem relembrando de coisas antigas…

    Abs,
    Carlos

    Resposta
  • 10 de outubro de 2011 em 00:56
    Permalink

    Ola André! Blza?
    Cara, curti demais o seu post, descreveu exatamente como foi essa nossa experiência no Tubaina. Vamos ver se consigamos marcar pra tomar umas mais vezes!!!
    Abs.

    Resposta
  • 10 de outubro de 2011 em 01:45
    Permalink

    Carlos, vamos marcar em outro barzinho e vc vai na próxima, que tal? Abs

    Elder, que bom que gostou manow. Vamos marcar várias outras!!!! Abs

    Resposta
  • 10 de outubro de 2011 em 17:03
    Permalink

    Muito bom o post André. Deu até água na boca de voltar lá …
    Abs

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *