Restaurante do Gugu – Sambaqui – Florianópolis

Sambaqui é uma praia que tenho muito carinho. Aqui dei o primeiro beijo na mulher que já é minha esposa a 10 anos além de ser o lugar onde passei alguns dos melhores momentos de minha infância. Uma época onde o nosso maior problema era ir para casa cheios de espinhos de ouriço do mar encravados no pé.
De lá pra cá muita coisa mudou no bairro e na ilha, mas alguns lugares permaneceram fiéis a cultura açoriana tradicional. É o caso do Restaurante do Gugu, que serve comida açoriana com muito sabor e pouca frescura.

O restaurante não fica à beira mar, na verdade nem vista para o mar tem. Para encontrá-lo fique atento no nome da rua e na placa do restaurante na esquina da geral do Sambaqui, depois do centrinho do bairro.

O restaurante fica em uma casa simples e tem um terreno de estacionamento bem em frente. Tudo muito rústico e sem frescuras.

O Salão é pequeno e cheios de artefatos marinhos como ossos de baleias, cascos de tartarugas marinhas e peças de arte feita por artistas da região. São poucas mesas e um atendimento familiar, o que pode acarretar em filas e esperas prolongadas principalmente nos feriados e finais de semana.

Mas para curtir Florianópolis da maneira correta é melhor deixar o relógio de lado e parar no tempo apreciando as belezas naturais e o que a ilha oferece aos seus moradores e visitantes.
Curtindo esse momento pedi uma caipirinha de cachaça artesanal e dividimos uma bela porção de mariscos, extremamente frescos, cultivados a poucos metros do restaurante.

As cervejas são as tradicionais mas a Brahma Extra foi nossa opção e estava bem gelada.

O cardápio é bem açoriano com opções como calderada de frutos do mar, camarões, ostras e outros frutos do mar. Dos peixes escalados as opções são anchovas e tainhas, os peixes mais consumidos e pescados na ilha. Cada um em sua época, anchova no verão e tainha no inverno, a opção da época vem fresca e a outra opção é congelada para garantir a oferta do produto o ano inteiro. Como já era verão fomos de anchova que veio enorme e muita saborosa, bem crocante por fora e macia e suculante por dentro. Sensacional!!!

Os acompanhamentos são cobrados à parte mas os preços são ótimos, com uma média de 30 reais por pessoa já se pode comer bem. Claro que existem opções mais caras, mas a casa consegue agradar todos os bolsos.
Para acompanhar nosso peixe, pedimos batatas sautée e uma salada mista,

além é claro de um pirão de peixe simplesmente divino. Pirão açoriano, escaldado e feito com a farinha local, crua e bem fininha. Com outra farinha não fica igual.

O restaurante do Gugu já esteve no guia 4 rodas alguns anos e aparece no guia da VejaSC atualmente, reconhecimento super merecido para um lugar que a tantos anos consegue manter o delicioso sabor de sua comida.

Restaurante do Gugú
R: Antônio Dias Carneiro, 147 – Sambaqui – Florianópolis
Fone: 48 3335-0288

andreleiras

Cozinheiro, blogueiro e viajante!!! Amo viajar, gastronomia e tudo que a vida tem de bom!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *